Wine Weekend Festival São Paulo impulsiona as vendas no setor de vinhos

Escrito por on 27/06/2018

Nos últimos anos os hábitos dos brasileiros vêm mudando constantemente. No setor de alimentos e bebidas, produtos que antes eram considerados inacessíveis para o consumidor brasileiro estão mais tangíveis. Esse cenário enquadra-se perfeitamente com os vinhos, que hoje dispõem de um espaço maior nas prateleiras e nas mesas dos consumidores.

Dados divulgados pela Wine Inteligence’s Brazil Landcapes 2017 mostram que o mercado dos consumidores de vinho no Brasil aumentou de 22 para 30 milhões de degustadores. Isso significa que o volume de consumo no país chega a dois litros por pessoa no ano. Em relações às vendas, segundo o Ibravin, ainda em 2017, o setor encerrou com alta de 5,67%. Esse dado posiciona o país como o 5º maior produtor de bebida no Hemisfério Sul.

A cultura do vinho está enraizada desde a chegada de imigrantes portugueses e italianos no país. Na década de 80, chegaram no Brasil produtores interessados em explorar parte do terreno brasileiro para desenvolver rótulos finos. Hoje, são diversas regiões produtoras de vinhos de qualidade no país.

Em sua nona edição, a Wine Weekend São Paulo Festival – o maior evento de vinho do país -, mostra anualmente a evolução desse setor no Brasil. Entre os dias 28 de junho e 1º de julho, no Pavilhão Bienal do Parque Ibirapuera, os neófitos e velhos amantes da bebida terão a oportunidade de conhecer e degustar rótulos do mundo todo. O visitante do evento participará de palestras, exposições de arte, música ao vivo, jantares temáticos, oficinas e workshops, tudo voltado ao tema vinho.

“O objetivo do Wine Weekend é desmistificar o vinho para o consumidor e mostrar que essa bebida adulta, é a mais cultural de todas, por ser amigável, fácil de ser degustada e que não é necessário grande conhecimento para desfrutá-la”, explica Zoraida Lobato, organizadora do evento.

Mais de 80 expositores nacionais e estrangeiros já confirmaram presença. Serão apresentados mais de 2.000 rótulos com preços diferenciados e descontos de até 70%. As vendas serão feitas de forma direta entre os produtores/importadores e os consumidores. Países exportadores do velho e do novo mundo como Chile, Itália, Espanha, Argentina, Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos terão seus produtos representados na feira.

Apesar da vasta carta de vinhos, Portugal é o país destaque desta edição. A origem do cultivo de uvas e das técnicas de produção dos vinhos em Portugal remonta de períodos ancestrais, muito anteriores à era cristã. As caravelas comandadas por Pedro Álvares Cabral, que partiram em direção ao Brasil, estavam abastecidas com vinhos do Alentejo, sendo este os primeiros a desembarcar em terras brasileiras.

Em 2017, 24 mil pessoas passaram pelo prédio projetado por Oscar Niemayer (Bienal) nos quatro dias de evento. O relatório levantado surpreende pelo crescimento dos negócios realizados em um ano em que o país enfrentava recessão. Os expositores abriram pouco mais que 4.500 garrafas para degustação, gerando a venda de 40.375 produtos, a um tíquete médio de R$135. Segundo pesquisa realizada no evento, a maior parte do público tinha o propósito de abastecer suas adegas, seguido pelos que querem aprender mais sobre vinhos. A análise também levantou que os vinhos mais consumidos pelo público estão entre R$51 e R$80.

A compra antecipada dos ingressos pode ser realizada no site Ingresso Rápido. Já na bilheteria o valor será de R$95. Visitantes com mais de 65 anos terão desconto de 50% no valor da entrada e palestras do evento. Menores de idade deverão estar acompanhados de seus responsáveis legais. O ingresso inclui uma taça de degustação (a ser retirada no local). As palestras e workshops são adquiridas a parte.

 

Serviço:

Data: 28 de junho – 01 de julho

Quinta à sábado: das 12h às 22h

Domingo: 12h às 20h

Local: Parque Ibirapuera – Pavilhão Bienal

 

Site: www.vinhomagazine.com.br/ww/

Ingresso antecipado: https://goo.gl/rL9xQ4 – Ingresso Rápido


[There are no radio stations in the database]