“Selfie, Logo Existo” aborda as relações sociais na era digital

Escrito por on 11/07/2018

Para o Programa Sintonize

 

O selfie não é um retrato ou autorretrato convencional. Impulsionado pela indústria de smartphones, ele permite ter o objeto “olhar” no bolso e retirá-lo muitas vezes, como uma adição para reiterar sua presença na cena. Partindo dessa ideia, o psicanalista, psiquiatra e fotógrafo, Marcelo Veras, fez uma análise do comportamento humano fundado nas redes sociais, principalmente no Facebook.

O trabalho resultou no livro “Selfie, Logo Existo – Posts psicanalíticos baseados em fatos reais”, da Editora Corrupio. Em formato de pequenos textos e leitura fácil, Marcelo Veras lança um olhar mais demorado para as relações humanas na contemporaneidade, com a influência das redes sociais e as características das novas gerações que nasceram imersas no mundo das ferramentas digitais. Assim, ele apresenta as principais transformações sociais dos últimos anos e aponta o selfie como elemento de destaque dessa nova relação entre tecnologia e corpo. “No mundo atual, sempre que precisar de alguém para olhar para você, você o encontrará no final de seus braços”.

Em busca de uma linguagem mais dinâmica, a estética da obra remete ao contemporâneo, ao urbano, ao dia a dia nas grandes cidades. Recheado de fotografias em preto e branco, capturadas pelo próprio autor, desses personagens que fazem parte do cenário cosmopolita, o livro é uma provocação, tanto no seu conteúdo escrito quanto no visual, como objeto de comunicação.

O livro custa R$ 55,00 e pode ser adquirido pelo link http://www.editoracorrupio.com.br/pd-58b90c-selfie-logo-existo-posts-psinaliticos-baseados-em-fatos-reais.html?ct=e95c6&p=1&s=1

 


Estação i

Current track
TITLE
ARTIST