Maioria da população brasileira acha que a política no país piorou em relação às últimas eleições

Escrito por on 12/04/2018

De acordo com pesquisa inédita do Instituto Locomotiva, divulgada no ultimo dia 10, o brasileiro não está satisfeito com o rumo do país e da política no atual momento.

A pesquisa, com 2006 entrevistas, realizada com brasileiros com 16 anos ou mais, em 35 cidades do país, em março de 2018, aponta que sete(7) em cada dez (10) brasileiros acreditam que a política piorou se comparada ao período que antecedeu a última campanha para presidente, em 2014. Apenas 5% dizem que está melhor.

Segundo o levantamento, 92% dos brasileiros acreditam que o país está no rumo errado; 94% dos brasileiros estão insatisfeitos com os governantes do nosso país; 88% estão insatisfeitos com o Brasil; e 91% acreditam que os políticos nunca defendem os interesses da população.

“Infelizmente, o quadro que temos hoje mostra que os brasileiros têm uma total descrença de que os políticos sejam capazes de fazer um Estado que funcione e que traga mudanças para a vida das pessoas. Há um grande descompasso entre a demanda dos eleitores e a oferta de candidatos”, afirma Renato Meirelles, presidente do Instituto Locomotiva.

A pesquisa apresenta alguns exemplos. Os brasileiros não enxergam nos políticos os valores que enxergam neles mesmos. Apenas 5% dos brasileiros afirmam que os políticos são confiáveis; apenas 3%, que são honestos; 6%, que são trabalhadores; e 7% preocupados com os outros. Além disso, para 64% dos brasileiros, os políticos são ricos.

Apenas 3% confiam em algum partido político e somente 4% confiam nas lideranças políticas do Brasil. Só 4% dos brasileiros acreditam que os políticos governam para defender os interesses da população, enquanto que 95% afirmam que eles governam para defender seus interesses pessoais.

Os brasileiros também não se sentem representados pelos políticos: 91% acreditam que os políticos que estão no poder não representam a sociedade; e 82% afirmam que os políticos em quem já votaram não os representam.

 79% não confiam em políticos que passam mais tempo criticando seus adversários do que apresentando propostas e para 91% a briga política prejudica o debate de ideias. E ainda, 65% concordam que “o próximo presidente deve estar fora da polarização política”.

Com isso, 2/3 dos brasileiros (ou 69%) admitem que costumam votar para presidente por exclusão e não por afinidade. Por fim, 88% dos brasileiros acreditam que participariam mais da política se sentissem escutados.

 


[There are no radio stations in the database]