Árvore de Natal de lixo: repensando os atos

Escrito por on 25/12/2017

“Tudo que vai, volta.” Provavelmente você deve conhecer essa frase e não é que ela está bem certa? Pelo menos falando de lixo e praia. O Aquário de Ubatuba, o Projeto Tamar e Instituto Argonauta criaram uma árvore de Natal, com 9 metros, que tem como enfeite diversos materiais (lixos) encontrados nas praias. E tem de tudo um pouco: chinelo, garrafa pet, boia, colete salva vidas, brinquedos, escova de dente, bolas de enfeites natalinos – essas foram recolhidas após um acidente com navio despejar containers no mar – além de redes de pesca. 

Em comemoração ao Natal de 2017, a árvore foi colocada na Praça da Baleira, ao lado do Aquário de Ubatuba, em uma edição maior do que já executada anteriormente, com objetivo de conscientizar a população da responsabilidade individual e coletiva sobre o lixo no mar que mata, todos as anos, milhares de animais marinhos.

Um pouco da história…
 O Aquário de Ubatuba desde  a sua inauguração, em 1996, sempre atuou em busca de sensibilizar seu público em relação à questão ambiental. Sendo assim, foi a primeira instituição brasileira a tratar do problema do lixo nas praias com um enfoque de educação ambiental destinando em seu circuito de visitação uma área dedicada ao tema.

Além disso, o Aquário de Ubatuba e o Projeto Tamar foram os pioneiros em mutirões de limpeza de Praia no Litoral Norte, bem como o primeiro clean up day. Ambos, juntamente com o Instituto Argonauta, realizam ao longo das duas últimas décadas, inúmeras atividades de atendimento a fauna marinha atingida por lixo através dos Centros de Reabilitação existentes, sendo que o número de animais atendidos pelo Instituto Argonauta e Aquário já ultrapassa a casa dos milhares.

 


Estação i

Current track
TITLE
ARTIST