Homens acima dos trinta estão mais vaidosos

Escrito por on 13/09/2018

Botox, preenchedores e tratamentos contra a calvície são os procedimentos mais procurados

Foi-se o tempo que vaidade era coisa de mulher. Hoje em dia, o mercado da beleza está cada vez mais propício para os homens. Para se ter ideia, segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Clínicas e Spas (ABC Spas) realizada em 2018, o público masculino já representa 30% dos pacientes de clínicas estéticas.

Uma curiosidade é quanto a faixa etária dessas pessoas. A médica dermatologista, Monalisy Rodrigues, adverte que os homens que estão utilizando esses serviços com maior intensidade têm entre 30 e 50 anos. “Não existe idade para se preocupar com a aparência, mas os homens mais maduros estão procurando cada vez mais procedimentos como tratamento para a calvície, aplicação de preenchedores, lasers e até mesmo aplicação de botox. Em resumo, esses pacientes querem ter cada dia mais, uma expressão jovial ”, conta Monalisy.

Em geral, o perfil desses homens são os solteiros e recém-divorciados atrás de resultados imediatos e sem preocupação do quanto vão gastar. Para a sorte desse público a maioria desses tratamentos são rápidos e mostram resultados consistentes logo após a realização ou em poucos dias. A recuperação, também é rápida. Por se tratar de aplicações locais e não haver incisões cirúrgicas, tais serviços excluem prazos longos para a recuperação.

“É claro que cada pessoa reage de uma forma diferente aos procedimentos estéticos, mas no geral esses serviços dermatológicos apresentam resultados rápidos e muito satisfatórios ”, explica Monalisy Rodrigues. No caso do botox, por exemplo, substância que paralisa as rugas e suaviza as linhas de expressão, o resultado é notado poucos dias depois e a aplicação de ácido hialurônico é observada logo após o procedimento. 

Já no caso da calvície, o tratamento é um pouco mais demorado. Neste caso é necessária uma consulta médica, avaliação minuciosa do couro cabeludo e realização de exames complementares para diagnóstico da causa que embora muitas vezes seja devido a fatores genéticos atualmente tem bons resultados com as novas técnicas.

Quanto a durabilidade, ela também colabora com a relação custo-benefício. Em alguns dos casos, o recurso dura entre seis e oito meses, podendo chegar até um ano. Tudo é uma questão do quanto o corpo irá demorar para absorver o produto implantado e essa situação varia de acordo com cada paciente.


Estação i

Current track
TITLE
ARTIST