Flying Chair e Aborto Elétrico Tributo farão show no MIS

Escrito por on 14/02/2018

Após o sucesso do show de estreia da Tour’18, em dezembro passado, a Flying Chair voltará ao Museu de Imagem e do Som (MIS) junto com Aborto Elétrico Tributo para os shows oficiais de encerramento da Exposição Renato Russo, eleita pelos leitores do Guia Folha como Melhor Exposição de 2017.

As apresentações serão gratuitas, no próximo dia 18, às 15h, na área externa do MIS (Avenida Europa, 158, Jardim Europa, Zona Sul da cidade).

O “AET – Aborto Elétrico Tributo” – é um projeto dos irmãos e membros remanescentes do Aborto Elétrico Fê Lemos e Flavio Lemos, integrantes do Capital Inicial, para homenagear uma das bandas ícones do punk nacional. Com Renato Russo na guitarra e voz, a banda que transformou rock brasiliense tinha em seu repertório os futuros clássicos do rock nacional “Geração Coca-Cola”, “Que País É Esse” da Legião Urbana e “Música Urbana”, “Veraneio Vascaína” e “Fátima” do Capital Inicial, entre outras canções como “Química” que foi regravada pelos Paralamas do Sucesso em seu disco de estreia.

Além de Fê Lemos na bateria e voz, e Flavio Lemos no baixo, a reunião conta, ainda, com o vocalista Franklin Santos e o guitarrista André de Matos, ambos da banda Fuzo (DF).

A Flying Chair surgiu há pouco mais de um ano e tem na sua formação o cantor e compositor Ciro Pessoa, um dos fundadores da banda paulista Titãs e Cabine C.

Junto com Chico Marques na guitarra e voz, Diego Basanelli no baixo, Cláudio Moko na guitarra e Pedro Leo na bateria, Ciro segue divulgando o disco de estreia “Flying Chair”.

No dia 09 de março, a banda lançará no formato digital um registro ao vivo do disco pela Onerpm “Flying Chair – Ao Vivo Na Cena”. No mesmo dia os roqueiros farão show de lançamento com Exposição e convidados especiais, além de bandas convidadas no Estrella Galícia Estação Rio Verde, em São Paulo.

Informações sobre os shows podem ser obtidas pelo telefone 2117-4777 ou site http://www.mis-sp.org.br .


[There are no radio stations in the database]