Estudo aponta itens importantes de uma entrevista são feitos antes dela começar

Escrito por on 20/07/2018

Se preparar para uma entrevista antes de chegar na empresa pode ser essencial para contratação

Um levantamento da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) apontou os 10 principais motivos que fazem com que alguém seja reprovado em uma entrevista de emprego. O estudo realizado em maio de 2018 mostra 10 itens do que não fazer numa entrevista que podem desclassificar o candidato.

Seis desses itens exigem atenção antes da entrevista – a roupa adequada para usar, desconhecer valores primordiais da empresa, o posicionamento e a exposição nas redes sociais, currículo inadequado ao cargo ou muito resumido, chegar atrasado e por último, a falta de preparo.

Em uma entrevista de emprego, há coisas que são esperadas de um candidato. Como a roupa que irá usar, a sua postura, e a forma como argumenta. Por outro lado, há dicas do que não fazer – cruzar os braços, gesticular muito enquanto fala, roer as unhas, entre outros. Não é apenas um item que irá te derrubar na entrevista, mas pode ser um detalhe que te levará ou não à contratação.

A tecnologia tem facilitado a vida de quem busca um novo emprego. Há anos os sites de busca de vagas unem candidatos à empresas, além de oferecerem artigos sobre como conquistar o emprego dos sonhos. Mas, agora a tecnologia deu um novo passo e coloca candidatos cara a cara com CEO’s e executivos de grandes empresas, através da tela do notebook ou smartphone, para orientações reais sobre o mundo corporativo.

A iniciativa partiu da startup MeuEntrevistador, o “Netflix de carreira”, que reúne conteúdos de executivos de empresas como Unilever, Paypal, GymPass, entre outros, para orientar novos profissionais sobre o que os espera no mercado competitivo das mais disputadas vagas.

“O treino é o caminho para a perfeição – e todos sabemos disso – mas mais do que treinar exaustivamente, é importante ter a capacidade de flexibilizar suas histórias e adaptá-las para demonstrar as características que a vaga exige, se apoiando com suas histórias bem treinadas”, explica Sofia César, cofundadora da MeuEntrevistador.

Por fim, os quatro itens finais são detalhes para prestar atenção durante a entrevista, como vocabulário inadequado, achar que o entrevistador é um amigo, não demonstrar interesse ou demonstrar pouco interesse. E o mais grave de todos – mentir para o empregador.

Por isso é necessário um cuidado, mas principalmente todo um preparo antes de chegar na entrevista de emprego. É necessário sempre pesquisar o que a empresa faz, como ela se comporta perante o mercado, e quais suas ambições. A roupa, por exemplo, pode ser uma faca de dois gumes – formal demais ou casual? A pesquisa da cultura da empresa pode te orientar inclusive nesses pequenos detalhes – que no fim do dia, fazem toda a diferença.

 


Estação i

Current track
TITLE
ARTIST