MORRISSEY ATACA DONALD TRUMP

Escrito por on 02/12/2017

O ícone dos anos 80 Morrissey, ex vocalista da banda The Smiths, é uma figura polêmica por natureza. O cantor já arrumou encrenca com diversas celebridades, entre elas: David e Victoria Beckham, toda a Família Real Britânica,  Lady Gaga, Madonna, Robert Smith da banda The Cure, a primeira ministra Margaret Thatcher, e a lista continua…

Na última segunda-feira (27) foi a vez de Moz atacar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

 

Donald Trump, que também é uma figura controversa,  já não é querido por muitos famosos, que fizeram declarações públicas contra o presidente, e é óbvio que Morrissey não iria ficar de fora de uma boa polêmica.

Em entrevista à revista alemã Der Spiegel, o cantor britânico disse que não se importaria se tivesse que matar Trump “pela segurança da humanidade”, e ainda soltou a frase “Ele não é um líder, é um verme.”

A vitória dele, para o cantor, aconteceu em grande parte por causa da mídia americana que ajudou a colocar o nome do político na mente das pessoas. Donald era mais falado (seja bem ou mal) do que os outros candidatos, que acabaram ficando ofuscados durante todo o processo eleitoral.

Recentemente, em outra entrevista polêmica, Morrissey foi bastante criticado por ter defendido nomes como Kevin Spacey e Harvey Weinstein, acusados de assédio sexual.

O mais recente álbum de Morrissey é chamado Low In High School e foi lançado dia 17 de Novembro deste ano.

Qual será a próxima polêmica do cantor? Estamos aguardando.

 

Por Hanna Guimarães


Estação i

Current track
TITLE
ARTIST